Compartilhe este post

Opinião do Economista

Boas notícias no lado da inflação permitem antecipar o início do corte de juros.
O IPCA de maio divulgado na última quarta-feria registrou alta de 0,23%, significativamente abaixo da mediana das projeções do mercado (0,33%).
Com isso, o resultado acumulado em doze meses recuou de 4,18% para 3,94% – a menor leitura desde outubro de 2020.

Embora uma parte significativa desse recuo esteja associada ao chamado “efeito base” – decorrente dos cortes de impostos introduzidos no segundo semestre do ano passado – é inegável que a dinâmica recente da inflação vem evoluindo de forma favorável.
Os dados dessazonalizados mostram a média móvel trimestral anualizada dos núcleos de inflação recuando de 6,4% para 5,7%. Houve melhora também na medida dos serviços subjacentes, que passaram de 5,9% para 5,7%. Essas métricas indicam arrefecimento na chamada “inflação subjacente”, evidenciado um aspecto qualitativo positivo na tendência da inflação que certamente não passará despercebido pelo Banco Central.
As notícias positivas no lado da inflação, aliadas à expectativa de manutenção das metas pelo CMN em sua reunião de junho, deverão levar os economistas a reduzirem suas projeções para o IPCA na pesquisa Focus nas próximas semanas – acreditamos que as expectativas de 2023 e 2024 deverão recuar para a vizinhança de 5,0% e 3,8%, respectivamente.
Em nossa opinião, o cenário mais favorável para a inflação abrirá espaço para o Banco Central iniciar em breve o início do ciclo de corte de juros. Acreditamos que este ocorrerá já na reunião do Copom de agosto, com um corte de 50bp na taxa Selic. Acreditamos que a Selic encerrará 2023 em 11,75%, chegando a 9,0% ao longo do próximo ano.

Por: Marcelo Fonseca, economista chefe REAG Investimentos

Compartilhe este post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

3 × três =