Manifestações de 7 de setembro: o que os agentes de mercado esperam em meio a atos a favor e contra o governo?

Compartilhe este post

Manifestações de 7 de setembro: o que os agentes de mercado esperam em meio a atos a favor e contra o governo?

INFOMONEY

Por Ricardo Bomfim
06/09/21
Manifestações de 7 de setembro: o que os agentes de mercado esperam em meio a atos a favor e contra o governo?
Economistas acreditam que quanto menores os atos melhor para o mercado no dia seguinte, mas não descartam resultados imprevisíveis
O feriado de 7 de setembro promete ser movimentado na política, com manifestações marcadas tanto a favor como contra o governo. Em São Paulo (SP), por exemplo, os atos pró-Bolsonaro, que devem defender pautas como o impeachment de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), serão realizados na Avenida Paulista, ao passo que os defensores do impedimento do presidente Jair Bolsonaro se reunirão no Vale do Anhangabaú.
Nesta sexta-feira (3), Bolsonaro colocou mais lenha na fogueira desse ambiente das ruas ao afirmar que os atos serão ultimato para “duas pessoas que usam o poder para dar outro rumo ao país”, sem citar nomes, mas presumivelmente referindo-se aos ministros Luís Roberto Barroso e Alexandre de Moraes, do STF.
Simone Pasianotto, economista-chefe da Reag Investimentos, entende que a consequência mais grave que poderia advir dos protestos seria uma greve dos caminhoneiros, pois isso poderia causar um impacto à economia similar ao registrado em 2018, só que em um momento no qual o país não pode se dar ao luxo de frear a recuperação pós-pandemia.
Ela lembra que a queda de 0,1% no Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro no segundo trimestre já foi um sinal negativo neste sentido.
Leia mais em: https://www.infomoney.com.br/mercados/manifestacoes-de-7-de-setembro-o-que-os-agentes-de-mercado-esperam-em-meio-a-atos-a-favor-e-contra-o-governo/

Compartilhe este post