Entenda como a reforma tributária vai mexer com o seu bolso

Compartilhe este post

Entenda como a reforma tributária vai mexer com o seu bolso

ISTOÉ DINHEIRO

Por Paula Cristina – editora de Economia

02/09/21

Entenda como a reforma tributária vai mexer com o seu bolso

 

Já era madrugada quando o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (DEM-AL), teve a certeza de que o acordo firmado na tarde anterior com os diversos partidos políticos (incluindo PT e PSOL) traria a ele uma vitória pessoal na aprovação da reforma tributária. O texto base foi aprovado por larga maioria, restando 26 destaques a serem apreciados pela Casa. Depois disso, irá ao Senado e, por fim, para sanção presidencial. Para ajudar você a entender o que mudou com a reforma aprovada até aqui, a DINHEIRO acionou um time de especialistas para comentar os principais pontos da aprovação.

 

Fim de algumas desonerações

Reduzir os impostos sem diminuir o tamanho do Estado exige compensação. A principal delas deve vir do fim da desoneração do Cofins para alguns setores estratégicos da economia, como remédios e produtos químicos em geral. Para compensar a diminuição na alíquota do CSLL a saída foi onerar parte da cadeia produtiva. Para os empresários, a notícia caiu como uma bomba. O setor farmacêutico, por exemplo, fala em um aumento de 12% nos preços dos produtos. Simone Pasionotto, economista chefe da Reag Investimentos, diz que além do problema que será avaliado em cada empresa, o texto em nada discute o que para ela é o maior problema da tributação brasileira: o imposto no consumo. “É preciso repensar isso em um momento em que precisamos garantir o consumo das famílias para reativação da economia após a pandemia”, disse.

 

Leia mais em: https://www.istoedinheiro.com.br/entenda-como-a-reforma-tributaria-vai-mexer-com-o-seu-bolso/

 

Compartilhe este post