Comentário da economista-chefe da REAG, Simone Pasianotto, sobre a parceria entre Banco Inter e Stone

Compartilhe este post

Comentário da economista-chefe da REAG, Simone Pasianotto, sobre a parceria entre Banco Inter e Stone

Stone vai investir até R$ 2,5 bi no Inter: o que as duas empresas ganham com isso?
Thiago Lasco , 6 Minutos – São Paulo
24/05/2021 – 19:59
Para Simone Pasianotto, economista-chefe da Reag Investimentos, o acordo foi uma decisão estratégica bastante agressiva por parte da Stone. O objetivo foi se antecipar a uma realidade que atingirá em cheio empresas de meios de pagamento como ela: a inevitável queda de receita, a partir do crescimento do Pix.
“De acordo com um estudo da [consultoria alemã], a adoção em massa do Pix pelos brasileiros pode cair até 80%, no cenário mais agressivo, em que o Pix domina o débito e as maquininhas se tornam dispensáveis. Então a Stone está se antecipando a essas consequências negativas”, ela explica.
Do lado do Inter, Simone explica que a parceria com a Stone injetará não apenas capital, mas também fôlego para reconquistar o espaço perdido principalmente para o Nubank.
Matéria completa no link abaixo:

Compartilhe este post