Auxílio Brasil fora do teto abala mercado, reforçando percepção de crescimento baixo e juros mais altos

Compartilhe este post

Auxílio Brasil fora do teto abala mercado, reforçando percepção de crescimento baixo e juros mais altos

Investidores repercutem possibilidade do novo auxílio estourar teto de gastos do governo; veja quais seriam as consequências

InfoMoney

Por Mitchel Diniz

19/10/2021

 

REAG no InfoMoney de ontem, com comentário econômico sobre a nova proposta do Auxílio Brasil, com estouro do teto dos gastos. A proposta desastrosa fez a bolsa derreter ontem. Mais gastos públicos, além do teto, significa crescimento menor, mais inflação e Selic acima dos 9% projetadas pela REAG. Governo desiste de anunciar o Auxílio Brasil.

Para a economista da REAG Investimentos, a reação do mercado pode piorar nos próximos dias, a depender de como ficar a proposta. “O que incomoda os investidores é a tendência populista eleitoral muito forte que está se sobressaindo aos interesses econômicos e sociais. Além disso, o Congresso poderia buscar um espaço fiscal ainda maior, o que preocupa bastante o mercado”, conclui Simone Pasianotto.

 

Leia mais em: https://bit.ly/3neHhRShttps://bit.ly/3aWXy8i

Compartilhe este post