A ata deverá corroborar a visão de que há espaço para algum corte de juros à frente, apesar do tom de cautela que tem sido repetido nos últimos meses. O volume de vendas do setor de serviços e o IBC-Br devem encerrar o ciclo de divulgações conjunturais relevantes para o PIB do primeiro trimestre. Esperamos queda de 0,8% e alta de 0,2%, respectivamente, na margem.

No exterior, destaque para os dados de atividade econômica, que devem continuar apontando o maior dinamismo dos EUA em relação às demais economias. Após a surpresa positiva com os resultados do PIB e do mercado de trabalho nos EUA, as atenções serão ainda maiores para os dados, como indicadores regionais de produção industrial, referentes a maio. Na China, conheceremos os dados de abril, tanto de produção industrial quanto de investimentos. A Área do Euro conhecerá o indicador de confiança econômica da Alemanha, o Zew, de maio

agenda_tabela

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

2 + dezessete =

Menu