Após dois trimestres consecutivos de perdas, a atividade econômica mostra reação e cresce no Brasil. Segundo dados divulgados pelo Banco Central, o IBC-Br progrediu 0,91% no terceiro trimestre do ano em relação ao segundo semestre (dados dessazonalizados). Esse é o primeiro resultado positivo para um trimestre desde o início do governo de Jair Bolsonaro. No primeiro trimestre do ano, a atividade econômica havia recuado 0,46% e, no segundo, havia caído 0,08%.

Apurado mensalmente, o IBC-Br é utilizado como proxy do PIB, o qual, por sua vez, é divulgado trimestralmente. Os números do IBGE mostraram que, no primeiro trimestre do ano, o PIB apresentou retração de 0,1%. Já no segundo trimestre, apurou-se alta de 0,4%. A projeção atual do Banco Central para o PIB em 2019 é de avanço de 0,9%, enquanto a REAG prevê crescimento de 0,94%.

Nessa leitura dos dados em setembro, a autoridade monetária informou ainda que o IBC-Br avançou 0,44% em setembro ante agosto, na série com ajuste sazonal, na terceira elevação mensal consecutiva. Na comparação entre os meses de setembro de 2019 e setembro de 2018, houve alta de 2,11% na série sem ajustes sazonais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu