Compartilhe este post

Banco Central deve cortar Selic em 100 pontos na próxima reunião

A ata da última reunião do Copom veio com um viés significativo de que o Banco Central poderá cortar a Selic em 100 basis point (b.p.) na próxima reunião, agendada para abril. Essa é a leitura da REAG, a partir do documento divulgado hoje pela autoridade monetária, no qual a estabilização da atividade econômica, ao contrário do que sinalizou a ata da reunião anterior, passou a ser consenso entre os membros do colegiado. Na semana passada, o comitê decidiu por unanimidade pela manutenção do ritmo de redução da taxa básica de juros da economia e cortou a Selic de 13% para 12,25% ao ano.

De acordo com o texto, o Banco Central mostra-se disposto a caminhar na direção da redução da taxa de juros estrutural, com a ressalva de que essa opção tem como condicionante a aprovação de reformas no Congresso. Os membros do Copom parecem apostar em um balanço de riscos mais equilibrado, com o comportamento da economia (atividade e inflação) e a condução das reformas em um ambiente benigno.

Atualmente, a Selic tem o menor patamar em dois anos. A última vez em que os juros básicos estiveram em 12,25% foi em janeiro de 2015. Desde agosto do ano passado, o Copom corta os juros. Na esteira da desaceleração dos preços, a REAG revisou seu cenário básico e aposta em juros menores ao final deste ano: 9,25% em dezembro.

grafico-1grafico-2

Compartilhe este post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

11 + 6 =