Compartilhe este post

Ata do Copom vem obscura sobre ritmo do corte na Selic em fevereiro

Ata do Copom vem obscura sobre ritmo do corte na Selic em fevereiro

A ata da reunião de janeiro do Copom apenas explica sua decisão de acelerar a força do corte na taxa básica de juros para 0,75 ponto percentual (pp) e não sinaliza com clareza os próximos passos do Banco Central na condução do ciclo de afrouxamento monetário. Segundo o documento, ” as condições para reduzir a taxa básica de juros para 13% na reunião de janeiro já estavam presentes”, as quais são entendidas como o “processo de desinflação” e a “atividade econômica aquém do esperado”. Contudo, na leitura da REAG, há falta de sinalização mais transparente sobre se ciclo permanece em 0,75 pp daqui para a frente ou se será acelerado para 100 pontos-base em fevereiro.

Isso posto, observa-se que o Copom praticamente apresentou texto original em parte considerável da ata da última reunião. Usualmente o relatório é feito com base no documento anterior e com modificações pontuais que permitem ao mercado identificar as futuras tomadas de decisões da autoridade monetária. Apesar da incógnita deixada pelo Copom, acreditamos que grande parte do mercado começará a demandar por cortes ainda mais profundos. A REAG manterá seu call de corte de 75 pontos-base na reunião do Copom em fevereiro, com a Selic chegando a 9,5% em dezembro deste ano.

copom-janeiro-grafico-1copom-janeiro-grafico-2

Compartilhe este post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

2 + 12 =