Divulgações dos resultados de vendas no varejo e do volume de serviços serão destaque na semana, além do IPCA de março

Na agenda doméstica, a semana será mais tranquila, com destaque para a Pesquisa Mensal do Comércio de fevereiro e expectativa do mercado de um bom resultado na comparação anual. Os dados de atividade, referentes a fevereiro, devem confirmar uma retomada muito lenta no começo do ano, alinhado com a expectativa de leve retração do PIB nos primeiros três meses do ano. Teremos o IPCA de março (4ª feira), as vendas no varejo de fevereiro (3ª feira) e a Pesquisa Mensal de Serviços de fevereiro (6ª feira). A inflação ao consumidor deve registrar alta de 0,64%, com pressão altista de alimentação e gasolina, mas ainda com núcleos em patamares bem-comportados e compatíveis com elevação de 3,8% neste ano.

No exterior, as atenções estarão voltadas para a ata da última reunião do FOMC e para os dados de inflação nos EUA. Os dados de inflação nos EUA podem ser pressionados no curto prazo, principalmente porque os preços internacionais de petróleo subiram. No entanto, o Fed tem adotado uma postura mais leniente com oscilações da inflação, até porque o núcleo continua bem-comportado. Também serão conhecidos os dados de março de balança comercial e de crédito na China, que podem confirmar viés mais positivo registrado pelo PMI, à medida que os estímulos monetários e fiscais começam a estabilizar a economia.

tab

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

vinte − 4 =

Menu