Compartilhe este post

Agenda Econômica Semanal – 2 a 8 de outubro de 2017

IPCA e produção industrial são os destaques da agenda desta semana
Nesta semana ocorrerá a divulgação do IPCA de setembro e dados da produção industrial de agosto. Esperamos arrefecimento tanto da inflação quanto da indústria, reforçando nosso cenário de recuperação lenta e gradual da economia sem pressões inflacionárias. O IPCA de setembro (sexta-feira) deve desacelerar de 0,19% para 0,07%, puxado pela intensificação do ritmo de queda dos preços da energia elétrica, pelo barateamento dos alimentos (leite, tomate, arroz e feijão) e pelo arrefecimento dos preços dos combustíveis. Caso nossa projeção se confirme, a inflação em 12 meses desacelerará de 2,46% para 2,44%, dando continuidade a trajetória descendente iniciada em setembro de 2016.
A produção industrial (terça-feira) deve recuar 0,1% na comparação marginal em agosto, interrompendo a sequência de quatro taxas positivas. Dão suporte a nossa análise os fracos indicadores coincidentes como o do Nível de Utilização da Capacidade Instalada (-0,8%, FGV), a da demanda prevista para os próximos 3 meses (-2,6%, FGV) e o do fluxo de veículos pesados nas estradas (-0,3%, ABCR). Os dados do setor automobilístico de setembro também devem ser conhecidos no decorrer da semana. Na segunda–feira, a Fenabrave deve publicar seus números sobre as vendas. Na quarta-feira, será a vez da Anfavea divulgar seus números sobre produção e vendas. A FGV deve anunciar sua sondagem sobre a confiança empresarial de setembro na segunda-feira.
Na agenda internacional, os dados a serem conhecidos deverão confirmar a boa dinâmica da atividade global, apesar de um possível efeito negativo dos furacões nos indicadores norte-americanos. Os dados de mercado de trabalho dos EUA devem ser impactados pelos furacões e apresentarão números mais fracos. Porém, a abertura regional deve reforçar a boa dinâmica do crescimento. Também teremos os indicadores de mercado de trabalho e vendas no varejo de agosto na Europa, além da leitura final dos índices PMI de setembro para diversos países. Todos tendem a reforçar a dinâmica positiva da atividade global no terceiro trimestre.
TABELA

Compartilhe este post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

18 + quatro =