Agenda Econômica Semanal

11 a 17 de janeiro de 2016

Brasil:
Esta semana esperamos a divulgação das vendas no varejo (nov), o IBC-BR (nov) e o IGP-10 (jan). Esperamos que o volume de vendas do comércio volte a recuar em novembro na comparação com o mês anterior, depois de ter registrado crescimento em outubro, o primeiro dado positivo após oito meses de queda. A expectativa é de que o indicador registre queda em torno de 11% no acumulado de 12 meses.
Para o IBC-Br de novembro esperamos novamente queda de 0,5% em relação ao mês anterior e baixa de 6,4% em termos anuais, na série dessazonalizada. O resultado deverá traduzir retração tanto do comércio varejista, da produção industrial e do setor de serviços
Esperamos ainda que o IGP-10 avance 0,55% em janeiro, após subir 0,8% em dezembro. As altas dos três indicadores que compõem indicador devem desacelerar pouco.
China:
O mercado internacional e brasileiro deverá reagir novamente aos números negativos da balança comercial da China que serão divulgados esta semana. A China deverá registar superávit comercial de US$ 53 bilhões em dezembro, mas com recuo tanto das exportações quanto das importações chinesas. A desaceleração do crescimento da China é uma grande preocupação para os investidores.
Área do Euro:
Nossa expectativa em relação à produção industrial da zona do euro é de recuo de 0,3 em novembro, comparativamente ao mês anterior e de alta de 1,8% no acumulado em 12 meses. A queda, deve-se principalmente a uma piora na produção bens de consumo duráveis, como refrigeradores e carros.
EUA:
Para o Índice de Preços ao Produtor (IPP) dos Estados Unidos esperamos novamente queda de 0,2% em dezembro, a terceira redução mensal seguida, devido principalmente à queda dos preços da energia. Em novembro, o IPP tinha tido uma baixa mensal sem precedentes de 2,2% e em outubro menos 2,8%.
 
agenda semanal 11 a 17 de janeiro 2016

A REAG investimentos não se responsabiliza por quaisquer ações ou decisões baseadas nas informações contidas em suas publicações. Os dados e análises das suas publicações não devem ser tomados exclusivamente como regra para outras publicações, tomadas de decisão, avaliações e/ou julgamentos. Todas as consequências e responsabilidades pelo uso dos dados ou análises desta publicação são assumidas exclusivamente pelo usuário, eximindo a REAG de todas as ações decorrentes do uso deste material. O acesso a estas informações implica total aceitação deste temo de responsabilidade e uso. A reprodução total ou parcial desta publicação é expressamente proibida, exceto com autorização da REAG ou citação da fonte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

sete − dois =

Menu